22 janeiro 2015

Se Eu Ficar

                                     

    E se de um momento para outro sua vida fosse virada de cabeça para baixo ? E se tudo que te faz feliz simplesmente desaparecesse ? é mais ou menos isso que acontece com Mia Hall, tudo em sua vida era feliz e tranquilo, até que um acidente leva toda a tranquilidade embora. 
   Mia é uma Violoncelinista muito talentosa e com muito futuro com uma família divertida e rock and roll, ela é uma garota normal e não muito notada na escola mas ele a nota o rockeiro Adam e
acaba se apaixonado por ela e por sua paixão pela música clássica que segundo ele, ela toca com o coração e é isto que o encanta. Eles acabam se envolvendo em uma paixão que tem altos e baixos, até ai tudo bem, mas isto foi antes da briga entre os dois que não estavam se entendendo e segundo Mia ele decide deixá-la quando entra na van com sua banda.
    Os meses passam e em um dia frio de inverno em que Adam iria tocar na cidade e não ouve aula para se distrair de tudo isso e da espera de sua carta para saber se havia entrado na universidade que desejavam decidem sair e visitar família e os amigos. E neste dia é que tudo acontece e mia acaba ficando entre a vida e a morte e perdendo seus pais e seu irmão, mas havia uma decisão a fazer continuar viva ou simplesmente morrer e acabar com toda a agonia ?
   O filme se centra nessa parte da história e nos prende até o final que tanto queremos saber Mia morre ou continua viva ? Em meio a essa decisão ela passa por partes de sua vida, as partes boas como a noite de fogueira com a "galera" até a noite em que ela briga feio com o Adam, esses momentos aparecem no meio do filme como flash backs da sua vida até o dia do acidente, em algumas partes ela parece que está as revivendo em outras ela apenas vê como um filme.
 
 Durante toda a trama a agonia da garota é evidente o que nos faz viver sua tristeza junto com ela e nos faz até mesmo chorar, a atriz neste ponto ganha um parabéns pela bela atuação, a fotografia em nenhum momento deixa a desejar e os flash backs são sensacionais, todo o filme é bem montado e muito bem encenado por cada ator,  e a trilha sonora é maravilhosa. O filme nos deixa presos a ele de forma espetacular e a todas as vezes em que Mia está para morrer podemos ver sua vontade de continuar, mas depois que descobre que sua família toda morreu ela parece desistir dessa ideia o que nos leva a questionar se para ela vale mesmo a pena.
    Na trama os momentos com cada uma das pessoas que se importam com ela ganham uma lembrança especial, que nos deixa mais sentimentais ainda, e sua relação com Adam também é bem retratada e o filme foca muito nisto também fazendo no começo você não entender o porque de algumas atitudes de Adam mas depois você torce pelos dois e quer que ela fique. Um dos momentos mais bonitos é quando seu avô que a levou para fazer a audição para a universidade fala que viver ou morrer era total escolha dela, mas que independente disso ela ainda tinha pessoas que a amavam. Neste momento de tão envolvida que a trama me deixou que eu chorei. A trama é muito bem elaborada e te envolve e o final é algo surpreendente. 
     E então o que vocês acham  que o amor pode ultrapassar todas as dores e até mesmo a morte ?
Trailer: